Núcleos de Desenvolvimento Coplana

Núcleos de Desenvolvimento Coplana

Em reunião, análise econômica e balanço das atividades

Representantes dos Núcleos de Desenvolvimento Coplana reuniram-se com a Diretoria da Cooperativa e com gestores, em dezembro, para um balanço das atividades do ano e alinhamento sobre as próximas ações. Como temas centrais, uma palestra sobre mercado, o planejamento estratégico da Cooperativa para 2020 a 2024 e as considerações dos representantes dos Núcleos, sobre suas atividades e o futuro da Coplana.

Na palestra, o analista sênior de Consultoria em Agronegócio do Itaú BBA, Cezar Castro Alves, apresentou uma análise sobre a atual situação econômica do Brasil. “A briga comercial entre Estados Unidos e China está sendo boa para o Brasil, que, no entanto, está tendo uma recuperação econômica assimétrica em suas regiões e setores. Onde existe mais ‘agro’ está melhor. Onde a indústria é mais forte está problemático”, disse o consultor. Ele analisou também os preços de commodities. “No caso do açúcar, o aumento pode ser limitado pelos altos estoques indianos. Já para os preços do etanol, os fundamentos seguem positivos”, comentou Cezar, acrescentando que, no caso da soja, os estoques também estão elevados.

O futuro da Cooperativa

Sobre os próximos passos na Coplana, a superintendente Mirela Gradim falou da elaboração do Planejamento Estratégico, uma ferramenta fundamental para o crescimento da Cooperativa. “O Planejamento Estratégico 2020/2024 foi elaborado a partir de um trabalho árduo, que culminou em um projeto muito desafiador. Levamos em consideração nosso crescimento, o retorno e o controle de riscos, assim como o trabalho de segmentação para atender às necessidades do nosso cooperado”, ressaltou.

A Coplana e os Núcleos

Sobre a relação com os Núcleos, o presidente a Coplana, José Antonio Rossato Junior destacou o importante papel na relação com o quadro social. “O resultado dos Núcleos em 2019 é muito positivo, nos auxiliando no direcionamento das estratégias da Cooperativa, além de atuarem como uma ferramenta de aproximação com o cooperado”, afirmou. Rossato também falou do início de uma recuperação econômica. “Temos expectativas de um ano mais positivo em relação ao ambiente de negócios. Para as lavouras, a despeito do desempenho de 2019, também temos uma perspectiva melhor tanto de produtividade como de preço. Não numa velocidade que gostaríamos, mas há um viés de alta se aproximando.  Há desafios na economia, mas o ambiente começa a voltar para os trilhos, o que acaba contagiando o País como um todo”, concluiu.

A opinião dos representantes

“No Núcleo, observamos uma evolução amparada por aprendizados, amadurecimento dos participantes e credibilidade da Diretoria e Conselhos em relação ao nosso trabalho. Vejo com bons olhos os Núcleos cuidando da diversificação de renda dos cooperados, busca pela inserção da mulher na atividade e sucessão do negócio através do Lideragro. O grande desafio deste século é o crescimento sustentável, condição que os Núcleos têm buscado junto à Coplana. Esperamos que 2020 seja um ano de inovações e aberturas de novos horizontes.”
Azael Pizzolato Junior, coordenador do Núcleo Silos

“O ano começou com uma renovação e aumento dos membros dos Núcleos. Isso ajudou muito a construir as novas pautas. Em nosso primeiro encontro, fizemos um ‘tour’ por todas as lojas da Coplana para ver a situação de cada uma e dar início aos trabalhos. Discutimos itens que faltavam nas lojas e sugestões de novos produtos. Em seguida, acompanhamos brevemente o andamento do Planejamento Estratégico também para a área das lojas. Por fim, debatemos pautas específicas do negócio.”
Fernando Escaroupa, coordenador do Núcleo Varejo

“Os núcleos têm se solidificado e engrandecido as atividades da Cooperativa, ao mesmo tempo em que dão voz ao produtor. Prova disto é a abertura que a Diretoria deu durante esta reunião aos integrantes, apresentando o Planejamento Estratégico e nos permitindo opinar. Nossa expectativa para 2020 é conseguir concluir o que foi planejado, ou seja, colocar em prática as propostas que viabilizam o crescimento da Cooperativa.”
Azael Pizzolato Neto, coordenador do Núcleo Insumos, Tecnologia e Inovação

“Estamos crescendo. A atuação dos núcleos aumentou, mas a participação do cooperado ainda é pequena. Na reunião, surgiram algumas ideias, como ocupar um espaço do Informativo do Produtor, uma coluna com as informações da agenda do Núcleo da Mulher. Inclusive, para 2020 já temos a agenda de eventos fechada, com uma atividade bimestral, perfazendo seis eventos durante o ano. Nós vemos uma constante e gradual integração dos Núcleos de Negócios Coplana.”
Danielle Bellodi Baratela, coordenadora do Núcleo da Mulher

A reunião foi excelente. A palestra sobre macroeconomia mostrou que o País caminha no rumo certo, e se continuar assim teremos retomada de crescimento. No Núcleo Amendoim, tivemos bons progressos, mas temos ainda muita coisa para pensar e melhorar. O setor e a agricultura não param, e as demandas também não.
Nilton Souza Júnior, coordenador do Núcleo Amendoim

Assessoria: Neomarc Comunicação / Reportagem: Renata Massafera

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome*

Email

Website