Coplana e parceiros realizam o 7º Dia de Campo Variedades de Soja

O 7º Dia de Campo Variedades de Soja, realizado no dia 7 de fevereiro, reuniu nove empresas especializadas para a apresentação de 22 variedades e insumos de diversas marcas. O evento é organizado pelo departamento de Tecnologia Agrícola e Inovação da Coplana, com o apoio da família Baratela, que recebe os produtores em sua propriedade, a Fazenda Santa Cecília. A iniciativa tem crescido a cada ano, assim como o engajamento do produtor.

Para o presidente da Cooperativa, José Antonio Rossato Junior, uma conjunção de fatores contribuiu para os resultados positivos deste ano. “Segundo o IEA (Instituto de Economia Agrícola), o Estado de São Paulo tem produtividade estimada para esta safra de 55 sacas/ha. Todavia, a expectativa da Cooperativa e dos nossos produtores é de uma produtividade significativamente superior. Mesmo no caso de variedades precoces, normalmente com teto produtivo mais baixo, o comportamento do clima nesta safra e a incorporação de novas tecnologias trazem uma expectativa de produtividade superior”, avaliou Rossato, parabenizando os produtores, a equipe da Coplana e os parceiros.

O gestor do departamento de Tecnologia Agrícola e Inovação, Eduardo Maniezo Rodriguez, avaliou o suporte oferecido para a escolha de variedades. “Tivemos muitas informações, que vão contribuir com o produtor na tomada de decisão sobre qual material plantar. O evento ocorreu em uma data boa, pois ainda não havia sido iniciada a colheita na maior parte das lavouras, viabilizando a participação do produtor. A lavoura estava muito bonita, decorrente das condições climáticas que estiveram favoráveis, mas também em função de um bom manejo fitossanitário e nutricional, realizado com insumos de alta qualidade”, avaliou.

Rodriguez falou também das parcerias. “Buscamos os fornecedores que estão diretamente envolvidos nos programas de desenvolvimento de variedades de soja; limitamos de duas a três variedades por empresa, sendo estas as principais variedades recomendadas para nossa região, lembrando que o nosso produtor cultiva soja na reforma do canavial e necessita de materiais precoces e produtivos.

A engenheira agrônoma Thais Meirelles Rodrigues da Silva, do departamento de Tecnologia Agrícola e Inovação, considerou o evento um sucesso. “Conseguimos mais que dobrar a quantidade de variedades de soja em relação ao evento do ano passado, totalizando 22 variedades, possibilitando maior conhecimento e comparação dos materiais pelos nossos cooperados. Além disso, utilizamos um manejo fitossanitário e nutricional bastante eficiente, associando produtos de empresas parceiras. Recebemos vários retornos positivos dos cooperados e esperamos melhorar ainda mais para o próximo ano”, salientou Thais.

Por parte dos produtores, a aprovação foi geral, com a contribuição, inclusive das condições do clima. “O evento estava muito bem organizado, e tivemos sorte que só choveu quando o dia de campo acabou”, comentou Lincoln Arruda.

O produtor Sérgio de Souza Nakagi reforçou o papel da Co- operativa e parceiros. “O Dia de Campo é um importante evento. Para nós, sojicultores da Coplana, é um norte sobre quais variedades se adaptam melhor à nossa região, tanto na questão produtividade, sanidade, resistência a doenças e pragas, como ciclo mais curto para o plantio da cana-de-açúcar, além da troca de informação com outros produtores.” Nakagi também comentou sobre o otimismo dos colegas produtores em relação à safra 2019/2020, em função do bom preço da saca da soja e regime de chuvas favorável ao bom desempenho da planta.

Beatriz Candeloro Trevisani, filha do produtor Itamar Trevisani, ficou surpresa com a organização. “Produzimos cana e fazemos rotação com amendoim. Achei o evento extremamente esclarecedor. Fiquei admirada desde a organização até a quantidade de variedades e produtos que existem para aumentar a produtividade. O desenvolvimento da tecnologia na agricultura está nos ajudando muito. O manejo certo, o uso de drones e a parte genética, informações apresentadas no dia de campo, mostram que temos muito com o que contar. E temos a equipe da Coplana que nos oferece um suporte enorme”, disse Beatriz.

Participaram do 7º Dia de Campo Variedades de Soja Coplana, nesta ordem de exposição, a Corteva, Stoller, TimacAgro, Brasmax, Nidera Sementes, Agroeste, DonMario, Inquima, Monsoy, Pioneer, TMG, Fundação Meridional (Embrapa), Compass, Ourofino e InterDrones. Na Fazenda Santa Cecília, o suporte foi oferecido por José Francisco Baratela, pelas filhas Juliana Bellodi Baratela e Danielle Bellodi Baratela, bem como pelo gerente Tiago Veronezi.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome*

Email

Website