Tag Archives: fertilidade

manual-safra

Boas práticas no plantio do amendoim

O plantio é uma atividade composta de várias etapas, e em cada uma delas, há diversos fatores que vão fazer a diferença no resultado final da cultura. O plantio é, portanto, uma fase fundamental, que deve ser motivo de grande atenção do produtor. Mesmo com a experiência de muitos anos na lavoura, vale a pena, a cada novo ciclo, repassar os detalhes. O produtor pode contar com a equipe de agrônomos da Coplana para todas as orientações necessárias, e, como lembrete, o sucesso do plantio está ligado às seguintes etapas:

 

Primeira etapa – escolha da área

  • Identificação do tipo de solo – leve, médio ou pesado;
  • Análise do histórico de culturas anteriores;
  • Análise da declividade, visando um melhor aproveitamento da área para a implantação da cultura.

 

Segunda etapa – preparo de solo

  • Após a análise de solo, é importante realizar a conservação de solo e aplicação de corretivos, determinados pela análise.
  • De acordo com o padrão de solo, culturas anteriores e histórico de plantas daninhas, este é o momento de realizar um preparo de solo adequado para a implantação da cultura.

 

Terceira etapa – escolha da variedade

  • De acordo com a fertilidade e estrutura do solo, o produtor deve escolher variedades precoces ou tardias. Para isso, deve levar em consideração também os prazos determinados para a entrega da área visando o plantio de cana.

 

Quarta etapa – época de plantio

  • A melhor janela de plantio compreende a 2º quinzena de setembro à 1º quinzena de novembro, conforme precipitação no período.

 

Quinta etapa – semeadura

  • Devemos analisar previamente a condição de umidade de solo, para tomar a decisão de iniciar o plantio, levando em consideração a profundidade da deposição da semente (de acordo com a umidade e textura do solo), favorecendo um stand recomendado a cultura.

 

Sexta etapa – manejo fitossanitário

  • Devemos ter atenção redobrada no início do desenvolvimento da cultura, focando principalmente pragas (trips e lagartas) e plantas daninhas e, posteriormente, doenças foliares, realizando seus controles com herbicidas, inseticidas e fungicidas tecnicamente recomendados.

 

Mais informações com o seu Agrônomo.

Tags:, ,