Tag Archives: programa

Logo Nosso Futuro-01

Coplana e Socicana apresentam “Nosso Futuro”, Programa de Sucessão Familiar

Por que falar sobre sucessão com toda a família é tão importante para a longevidade dos negócios? A resposta foi resumida em uma frase de autoria do consultor Peter Drucker, citada pelo presidente da Coplana, José Antonio de Souza Rossato Júnior, no lançamento do programa “Nosso Futuro”. A iniciativa ocorreu no dia 24 de maio, no auditório da Socicana, em Guariba. “Propriedade, ativo, não é algo que herdamos dos nossos pais, mas sim o que emprestamos de nossos filhos.”

O programa “Nosso Futuro”, uma realização da Coplana e Socicana, representa um importante passo para a sustentabilidade dos empreendimentos de cooperados e associados. Trata-se de uma união de esforços para tratar o tema sucessão com conhecimento especializado e de forma sistematizada para o êxito do processo.

Rossato também trouxe dados do Sebrae sobre as propriedades rurais, apontando que os negócios de apenas um terço das famílias chegam à segunda geração e só 5% chegam à terceira. “Quais são os desafios para mudar este cenário? O que é urgente e o que é importante? Às vezes, damos mais prioridade ao que é urgente, e o que é importante fica em segundo plano, por conta da nossa correria. O tema sucessão merece passar do senso de importância para o senso de urgência. Não existe receita de bolo. É complicado, mas com suporte adequado fica bem mais simples”, disse.

O programa, lançado pela Cooperativa e pela Associação, tem por objetivo simplificar a discussão e o planejamento da sucessão. Para isso, tem abordagens jurídica, tributária e comportamental. O lançamento também contou com palestra ministrada pelo pesquisador Fábio Mizumoto, sócio da Markestrat, empresa especializada em consultoria e treinamento em agronegócios, responsável pelo desenvolvimento do programa.

Ele apresentou às famílias de produtores detalhes de um processo de sucessão. Explicou que o produtor tem que se preparar, ganhando conhecimento na área de governança. “Hoje, há um conhecimento disperso e não organizado, e apresentamos um programa, por meio de um ciclo de treinamentos, chamado ‘Nosso Futuro’, que será oferecido a dez famílias, com quatro membros cada. O objetivo é ter um grupo coeso que permita aos participantes já sair do programa com um plano completo de sucessão”, explicou Fábio, lembrando que este protocolo nada mais é do que o acordo feito entre os familiares.

 

Coplana e Socicana subsidiam o programa em 70%

A superintendente da Coplana, Mirela Gradim, ressaltou que esta iniciativa vai despertar também a discussão sobre o tema dentro dos Núcleos da Cooperativa. “Não é apenas o tema sucessão, mas todas as questões patrimoniais que ele envolve. As famílias terão um protocolo de intenções bem completo”, afirmou Mirela, completando que a Coplana a Socicana irão subsidiar 70% do valor do programa, o que significa um grande incentivo para os produtores.

José Guilherme Nogueira, superintendente da Socicana, concorda que o subsídio é um ótimo incentivo e que o assunto é prioritário. Ele acrescenta que esta já era uma demanda por parte dos próprios produtores, cientes da necessidade de cuidar de seu patrimônio e dar perenidade aos negócios. José Guilherme disse que a ação mostra a preocupação que as entidades têm em proporcionar aos produtores um processo de sucessão tranquilo e consciente, não só para quem está atualmente à frente da propriedade, mas também para quem vai sucedê-lo. “Este programa traz um valor enorme para o associado e faz com que ele pense no seu negócio. Ou seja, é um modelo não só de sucessão, mas que incentiva a pensar no próprio negócio”, revelou.

Produtores aprovam iniciativa

O produtor Cláudio Gladenucci, que também é membro do Núcleo de Negócios Amendoim, aprovou a iniciativa e comentou que já vivenciou boa parte do que havia sido falado no encontro com o representante da Markestrat. “Passei duas vezes por um processo de sucessão, e foi tranquilo porque meu pai teve sabedoria para conduzir o processo antes de falecer, mas é claro que com este tipo de suporte, o andamento fica muito mais fácil”, revelou. Tatiana Bento, do Núcleo da Mulher, concorda. Ela acredita que o acompanhamento de uma empresa especializada torna o processo mais profissionalizado e, consequentemente, menos complicado, uma vez que o assunto é delicado para muitas pessoas.

O produtor Carlos Bellodi Silva, do Núcleo Lideragro,   que também é produtor, gostou da palestra e disse que serviu para sanar muitas dúvidas. A seu ver, a abordagem do tema, feita com o suporte de uma empresa especializada, torna o processo mais tranquilo. “O programa nos apresenta ferramentas, mostra novas saídas e cria um outro ambiente para a discussão deste assunto”, disse ele, em consonância com o presidente da Coplana, que encerrou o encontro citando o caso de sucessão de sua própria família, que está em andamento.

Tags:, ,